PSI20 em alta alinhada com praças europeias

O principal índice da bolsa portuguesa, o PSI20, segue hoje em alta, alinhado com as principais praças europeias. O PSI20, que continua a incluir apenas 18 empresas, está a subir 0,60% para 5.067,79 pontos, com 13 cotadas a negociarem em terreno positivo, quatro a cair e uma estável. As ações da Teixeira Duarte, BCP e […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/staging.jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 876

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/staging.jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 876

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/staging.jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 876

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/staging.jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 876

O principal índice da bolsa portuguesa, o PSI20, segue hoje em alta, alinhado com as principais praças europeias.

O PSI20, que continua a incluir apenas 18 empresas, está a subir 0,60% para 5.067,79 pontos, com 13 cotadas a negociarem em terreno positivo, quatro a cair e uma estável.

As ações da Teixeira Duarte, BCP e Mota Engil são as que registavam maiores valorizações, estando a subir respetivamente 4,29%, 4,17% e 3,13%.

Os títulos da Teixeira Duarte, BCP e Mota Engil estão a valer 0,73 euros, 0,0875 euros e 3,821 euros, respetivamente.

Outros sete títulos estavam a registar valorizações superiores a 1%.

Já os ‘papéis’ da Portugal Telecom (PT), Impresa e EDP Renováveis eram os que maiores descidas registavam, estando na altura, respetivamente, a cair 8,70%, 0,41% e 0,32%.

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) proibiu as vendas a descoberto das ações representativas do capital social da PT durante o dia de hoje.

OJE/Lusa

Ler mais

Recomendadas

PSI 20 acompanha Europa em alta. Títulos do Grupo EDP impulsionam praça nacional

O principal índice bolsista português soma 0,46%, para 4.855,54 pontos.

Abrandamento da economia poderá ser entrave para Moody’s igualar as pares na avaliação de Portugal

A Moody’s tem agendada uma avaliação à notação da dívida soberana portuguesa esta sexta-feira. A agência poderá querer alinhar-se com a S&P e a Fitch através de uma subida de um grau para ‘Baa2’, mas as incertezas que estão a esfriar o crescimento da economia global poderão ser motivo para manter o ‘status quo’.

Acalmia cambial trouxe bons resultados em Wall Street

O índice tecnológico S&P, .SPL.RCT, que inclui empresas que têm uma maior exposição ao mercado chinês e estiveram no centro das vendas registadas na segunda-feira, foi aquele que mais valorizou nesta sessão, com um crescimento de 1,61%.