Quanto pode Cristiano Ronaldo render à Juventus? Entre 400 a 500 milhões de euros

Só a hipotética mudança do jogador português para Turim já permitiu à Juventus valorizar mais de 150 milhões de euros em Bolsa, realça Bruno Janeiro, consultor da Activotrade, em entrevista ao Jornal Económico.

Caso se confirme a transferência de Cristiano Ronaldo do Real Madrid para a Juventus, os números podem vir a ser ‘astronómicos’, com o jogador português a ‘oferecer’ valores a rondar os 400 a 500 milhões de euros, ao clube italiano.

Os dados são apontados por Bruno Janeiro, consultor da Activotrade, uma empresa especializada em serviços de negociação on-line e no investimento em mercados financeiros. “A especulação prende-se neste momento com o retorno (direto e indirecto) que Cristiano Ronaldo poderá trazer no futuro para a Juventus. Aquilo que o [Cristiano] Ronaldo gera em direitos de imagem, merchandising, digressões pagas ao estrangeiro, nomeadamente à Ásia, pode equivaler a 400 a 500 milhões de euros”.

A Juventus é desde há vários anos comandada financeiramente pela família Agnelli, dona da FIAT-Chrysler e mesmo dando resultados líquidos negativos há muito anos, o dinheiro não é um problema para o emblema de Turim. “A questão é saber se tem liquidez para fazer esta transferência. E tem, basicamente a Juventus tem 150 milhões de euros em caixa, (depósitos a prazo, à ordem), em ativos correntes, ou seja bens que podem ser convertidos em dinheiro a curto prazo. O valor ronda os 260 milhões de euros”, explica Bruno Janeiro.

O valor total da transferência de Cristiano Ronaldo para a Juventus terá um custo entre os 300 a 400 milhões de euros. “Os 100 milhões de euros da transferência, que podem ser 145 com o IVA, mais os 30 milhões de euros de ordenado anual por épocar, poderá ter custos globais de 300 a 400 milhões”, refere o consultor.

Em apenas quatro dias, altura em que se começou a falar de uma possível ida de CR7 para Turim, que as ações da Juventus valorizaram mais de 150 milhões de euros. “Desde que surgiram os primeiros rumores deste negócio, as ações da Juventus subiram em Bolsa cerca de 25%, estando atualmente a apenas 7% dos máximos que esteve a cotar este ano. O volume de negociação disparou para as 36.000.000 de ações negociadas (só durante o dia de ontem), quando a média em junho correspondia a menos de 1.000.000 de ações negociadas.

A 2 de maio de 2017 as ações do clube italiano estavam a valer 1,04 euros por força da qualificação da Juventus para a final da liga dos campeões. Atualmente os valores estão nos 88 centimos (máximo histórico de 2018), mas caso se confirme a transferência de Cristiano Ronaldo, os 1,04 euros poderão ser rapidamente ultrapassados.

Ler mais

Relacionadas

Afinal, vamos ter Ronaldo na Juventus? Clube italiano joga ‘à defesa’

Vai ou não vai para Turim? Juventus foi obrigada a reagir em comunicado para esclarecer o ponto de situação na novela mais mediática do defeso futebolístico.

Juventus tenta atrair Cristiano Ronaldo com salário de 120 milhões de euros

Clube italiano oferece um contrato válido até 2022 com um ordenado anual de 30 milhões de euros. O jornal italiano “Tuttosport” refere que já existe um acordo verbal com o jogador português.
Recomendadas

Arranca hoje a corrida do FC Porto pela Champions de olho em encaixe de 44 milhões

Sérgio Conceição e os seus homens estão a, pelo menos, 360 minutos de distância de poderem engordar a conta bancária dos azuis e brancos de forma generosa. Este encaixe financeiro é visto como fundamental pela SAD portista. 

Benfica celebra parceria com Placard por três anos

O Sport Lisboa e Benfica acaba de celebrar uma parceria com o Placard.pt que, nos próximos três anos, será o patrocinador oficial de apostas desportivas do clube. Segundo um comunicado do clube da Luz, “o Placard.pt marcará presença relevante tanto no ‘site’ oficial, como nas várias plataformas digitais do Benfica, sendo que ambas as entidades […]

Estádio do Estrela da Amadora na Reboleira vai a leilão por seis milhões de euros

No decorrer de um processo de insolvência do Estrela da Amadora, foi fundado um novo clube, o Clube Desportivo Estrela, que usa as instalações da Reboleira.
Comentários