Queixas de passageiros às companhias aéreas disparam

Os relatórios da ANAC – Autoridade Nacional de Aviação Civil sobre as queixas de passageiros em Portugal entre 2015 e o ano passado registam um aumento de 48,3% nas reclamações apresentadas.

As queixas apresentadas pelos passageiros que cruzam os aeroportos nacionais têm vindo a subir em escalada nos últimos anos. De acordo com os relatórios semestrais da ANAC – Autoridade Nacional de Aviação Civil, consultados pelo Jornal Económico, relativos às reclamações dos passageiros do transporte aéreo desde o início de 2015 até ao final do ano passado, as queixas têm vindo a aumentar a um ritmo significativo, passando de 7.354 em 2015 para 10.906 no ano passado, uma subida de 48,3% no período em análise. No total, a ANAC registou 26.291 reclamações nos últimos três anos, entre queixas a transportadoras aéreas, nacionais e estrangeiras, aos aeroportos e às empresas que prestam serviços de assistência em escala, vulgarmente conhecidas como empresas de handling.

 

Artigo publicado na edição semanal do Jornal Económico. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Relacionadas

Aeroporto de Lisboa: ANAC, ANA, NAV e TAP comprometem-se a “mitigar” congestionamento

Entidades envolvidas comprometeram-se “de imediato” a melhorar a articulação operacional dos diversos intervenientes, o procedimento de descolagem, a informação antecipada sobre eventuais perturbações, a agilização dos processos de licenciamento e certificação de pilotos e o reforço do pessoal de apoio nas zonas de maior fluxo de passageiros.

TAP reforça posição em aeroportos nacionais no primeiro trimestre do ano

A companhia aérea viu a sua quota de mercado aumentar em todos os principais aeroportos nacionais entre janeiro e março deste ano. A TAP superou as concorrentes “low-cost” “”Ryanair e Easyjet e beneficiou da falência da Monarch e Air Berlin.

TAP apresenta aumento de 30% nos passageiros transportados para o Funchal

A companhia transportou 192.459 passageiros para o Aeroporto da Madeira no primeiro trimestre. A TAP teve também um crescimento para os 29% em termos da quota de mercado na mesma infraestrutura aeroportuária.
Recomendadas

Marcelo aprova aumentos de 700 euros para juízes, mas critica fosso salarial face aos polícias e militares

Marcelo Rebelo de Sousa destaca que os juízes, e membros de autoridades reguladoras e de supervisão a entidades públicas empresariais e empresas públicas, passando por outras entidades administrativas, já estão com salários mais elevados do que o primeiro-ministro. O Presidente exige que a desigualdade salarial seja “encarada na próxima legislatura”.

Incêndios florestais caíram 26% este ano face a 2018

“Estamos, até hoje, com 6.800 incêndios desde o início do ano, o que significa que temos um número de incêndios 36% inferior à média dos últimos dez anos. E uma área ardida 42% inferior à média dos últimos dez anos”, sublinhou Eduardo Cabrita.

Proteção Civil tem reservas de combustível para “mais de dois meses”

Apesar de garantir que existem reservas para mais de dois meses, Eduardo Cabrita sublinha que as prioridades têm de ser asseguradas quando se fala numa dificuldade de distribuição.
Comentários