Reflorestar Portugal promove cursos de Agrofloresta de Sucessão em abril

No próximo mês de abril a Reflorestar Portugal promove quatro cursos de Agrofloresta de Sucessão em vários pontos do País.

As três primeiras formações – em Palmela, Figueiró dos Vinhos e no Gerês – são Cursos de Introdução à Agrofloresta de Sucessão. Serão apresentados os conceitos básicos de implantação e manejo de um sistema agroflorestal, essenciais para o planeamento e manutenção da produção: estratos, sucessão, cobertura de solo e consociações. Será feita a implantação de um projecto com preparação de solo, cobertura do solo e plantio e demonstração e aplicação prática de técnicas de poda e manejo da área nas diferentes fases.

A última formação, em Santa Maria da Feira, corresponde a um Curso Avançado onde serão aprofundadas algumas técnicas e conhecimentos aplicados a uma agrofloresta com dois anos de existência. Inicialmente será feito um diagnóstico da área de estudo e a compreensão dos processos de sucessão in loco antes de ser implantada a nova área. Ao longo do curso serão aprofundadas técnicas de poda, manejo de agrofloresta e dos conceitos de sucessão, estratificação e consociação.

Os cursos serão facilitados por Namasté Messerschimdt, discípulo de Ernst Götsch há 18 anos, consultor agroflorestal e instrutor de cursos de iniciação e avançados de Agricultura Sintrópica, que está ligado aos mais importantes projectos brasileiros nesta área como o Cooperafloresta, o Assentamento Mário Lago, o Agroflorestar, o Instituto Oca e a Fazenda da Toca.

Marina Zimmerman, da Reflorestar Portugal, explica a urgência deste tipo de iniciativas “Todos os anos incêndios deflagram de Norte a Sul do país, sendo agravados por condições climáticas, geográficas, pela falta de meios e estratégias associadas a um mau planeamento e fraca prevenção, que vai além da limpeza dos terrenos. As florestas são as grandes sustentadoras do ciclo da água e da biodiversidade. Quando elas desaparecem, o clima e as chuvas mudam, perde-se riqueza genética e gera-se escassez de recursos. É alarmante que 58% do território português já seja considerado árido”.

6, 7 e 8 de Abril: Biovilla (Palmela)
13, 14 e 15 de Abril: Agro-turismo Quinta da Fonte (Figueiró dos Vinhos)
20, 21 e 22 de Abril: Projecto Agroecológico Soajo (Gerês)
27, 28 e 29 de Abril: São João de Ver (Santa Maria da Feira)

Nota: Os valores dos cursos rondam os 250 euros, diferindo consoante a modalidade de estadia escolhida pelos participantes. Os interessados em participar nestas formações podem inscrever-se e/ou solicitar mais informações através do email inscricoes@reflorestar-portugal.com.

Ler mais
Recomendadas

Vistos gold: Investimento captado mais do que triplicou em julho para 98,2 milhões de euros

O investimento captado através dos vistos ‘gold’ mais do que triplicou (aumentou 276%) em julho, face ao período homólogo de 2018, para 98,2 milhões de euros, segundo contas feitas pela Lusa com base nos dados estatísticos do SEF.

Número de viciados em jogo online aumentou mais de 8% em Portugal

No espaço de seis meses, 38.600 pessoas pediram para ser impedidas de jogar online, mais 3.200 pessoas face a 2018, uma subida de 8,3%.

Avião de carga aterrou de emergência no aeroporto do Porto  

Um avião de carga com dois tripulantes fez hoje uma “aterragem de emergência” em segurança no aeroporto do Porto devido a um “problema no motor”, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.
Comentários