Reformas deste ano podem vir a sofrer um novo aumento

A medida foi anunciada esta segunda-feira através de uma portaria publicada em Diário da República, que prevê que o acerto origine um aumento do valor recebido pelos pensionistas.

Cristina Bernardo

As pensões da Segurança Social e da Caixa Geral de Aposentações (CGA) que começaram a ser atribuídas este ano vão ser recalculadas, tendo em conta o valor da inflação deste ano. A medida foi anunciada esta segunda-feira através de uma portaria publicada em Diário da República, que prevê que o acerto origine um aumento do valor recebido pelos pensionistas, avança o jornal “Correio da Manhã”.

De acordo com a portaria, a tabela de coeficientes será atualizada para “aplicar na atualização das remunerações anuais registadas e que servem de base no cálculo às pensões iniciadas durante o ano de 2018”, tendo em conta o valor da inflação deste ano. O Ministério do Trabalho explica que “marginalmente, pode levar a um ajustamento das pensões processadas nos últimos meses”.

A atualização, no entanto, não será imediata, devendo produzir efeitos de 1 de janeiro a 31 de dezembro. Quer isto dizer que, quem começou a receber a pensão este ano terá o valor mensal recalculado nos próximos meses, com direito ao pagamento de retroativos desde janeiro. Este é o terceiro aumento este ano, depois do aumento por via legislativa e do aumento extra de agosto.

Recomendadas

Saiba quais as medidas de segurança nos locais destinados à dança

É obrigatório ter serviço de vigilância com recurso a segurança privada, aplicável obrigatoriamente em espaços com lotação igual ou superior a 200 pessoas.

Está à procura de um sítio para ficar estas férias? Deco sugere Eco Hotel

Ao estar a selecionar a opção de ficar num alojamento Ecológico, está também a contribuir para garantir mais sustentabilidade e um meio ambiente muito melhor.
Comentários