Remodelação governativa envolve organismos económicos regionais

Na sequência da remodelação governativa hoje anunciada no Funchal, várias alterações vão ocorrer nas diferentes estruturas do Governo Regional da Madeira.

No caso da Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura a principal mudança acontece na presidência da administração dos Portos da Região Autónoma da Madeira, SA, que passa a ser liderada por Maria Lígia Ferreira Correia, 57 anos, licenciada em Organização e Gestão de Empresas, antiga gerente da GESBA – empresa pública para a produção de banana regional – e Presidente do Conselho de Administração do sistema regional de saúde – SESARAM.

A direção Regional do Trabalho e da Ação Inspetiva passa a ser exercida por José Savino Santos Correia, 55 anos, licenciado em História e Ciências Sociais, antigo deputado na Assembleia Legislativa e ex-Presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz. Na Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais a mudança opera-se no Instituto de Florestas e Conservação da Natureza que passa a ser liderado por Manuel António Sousa Filipe, 42 anos.

No caso da Secretaria Regional da Agricultura e Pescas a principal mudança opera-se no Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira com a saída de Paula Cabaço, Presidente do Conselho Diretivo, substituída por Bruno Miguel Rebelo de Sousa, 38 anos, licenciado em Relações Internacionais e que era actualmente “Export Area Manager (Europa, Ásia e África), na Bacalhôa Vinhos de Portugal, em Setúbal.

Na Secretaria Regional das Finanças e da Administração Pública a mudança ocorre nas Sociedades de Desenvolvimento regionais que passam a ser lideradas por António Rodrigues Abreu, 41 Anos, licenciado em Comunicação Social e Cultural, variante Comunicação Empresarial, actual o executivo da empresa jornalística da Madeira (Jornal da Madeira).

O Conselho Diretivo do Instituto de Desenvolvimento Regional, que tem a seu cargo a gestão dos fundos comunitários na Madeira, passa a ser liderado por Emília de Fátima Fernandes Alves, 45 anos, licenciada em Gestão e Administração Pública e que desempenha desde 2013 as funções de Diretora Regional da Direção Regional de Estatística da Madeira. Paulo Jorge Baptista Vieira, 40 anos, economista, transita para a Direção Regional de Estatística, sendo o responsável pelos Serviços de Contas e Estatísticas Económicas da Madeira.

Recomendadas

PremiumO Vinho Madeira que passa de geração em geração desde 1850

O maior desafio do Vinho Madeira é aumentar a produção das castas nobres Sercial, Verdelho, Boal, Malvasia e Terrantez, e diminuir a produção da Tinta Negra, “que já é excessiva”, diz Pereira de Oliveira.

PremiumDireito ainda está “fora de questão” mas “poderia reter” estudantes na região

Para já, não está em cima da mesa a criação de uma licenciatura em Direito na UMa, mas o reitor José Carmo diz que o curso tem procura local.

PremiumO valor do patrocínio num evento como o Rali Vinho Madeira

O Rali Vinho Madeira é um evento que ao longo dos anos tem atraído milhares às estradas madeirenses. Mas nem só de público vive esta prova de desporto motorizado. O patrocínio é outras das vertentes que sustenta e ajuda a levar cada edição a bom porto. Entre os patrocinadores estão marcas e empresas como a MEO e o BPI.
Comentários