REN aliena negócio de GPL por 4 milhões de euros

REN Portgás Distribuição alienou as ações representativas da totalidade do capital social da REN Portgás GPL à Energyco II, sendo que a transação terá um impacto estimado de aproximadamente 4 milhões de euros.

A REN informou o mercado que a sua subsidiária REN Portgás Distribuição,  celebrou um contrato através do qual alienou as ações representativas da totalidade do capital social da REN Portgás GPL à Energyco II, sendo que a transação terá um impacto estimado de aproximadamente 4 milhões de euros, tal como informação prestada pela REN à CMVM.

A REN tem como estratégia focar-se em negócios regulados e nesse sentido decidiu alienar o negócio de gás de petróleo liquefeito (GPL) que adquiriu aquando da aquisição da EDP Gás em 2017.

A Portgás Distribuição é a segunda maior distribuidora de gás natural em Portugal com uma base de ativos regulados (RAB) de 452 milhões e foi adquirida pela REN em 2017 por um valor de cerca de 530 milhões.

A Energyco – que presta serviços de fornecimento de energia térmica – é uma empresa detida pela Artá Capital, uma sociedade gestora de capital de desenvolvimento da Corporación Financiera Alba (Grupo March).

Recomendadas

Como a Indústria 4.0 pode ajudar a criar a fábrica do futuro

A fábrica do futuro é o centro de uma cadeia de distribuição que combina clientes, fornecedores, distribuidores e parceiros com sistemas analíticos avançados. Isso pode levar a uma “produção perfeita” com o mínimo de tempo de inatividade, negligência, desperdício e ineficiência.

Sustentabilidade no investimento: menos risco, mais valor

Reduzir a quantidade de plásticos descartáveis ou viajar de comboio são duas formas de reduzir a nossa pegada ecológica. E no investimento, o que podemos fazer para reforçar a sustentabilidade?
Comentários