Renault Sport r.s 01: Reforço nos campeonatos de GT e resistência

Há uma nova estrela automóvel para 2015. Falamos do Renault Sport R.S. 01 e o local de apresentação está escolhido, a World Series by Renault, uma antecâmera para os mais competitivos campeonatos de GT e resistência. O R.S. 01 concentra o que de melhor tem a Renault Sport em termos de know-how, caso da coque […]

Há uma nova estrela automóvel para 2015. Falamos do Renault Sport R.S. 01 e o local de apresentação está escolhido, a World Series by Renault, uma antecâmera para os mais competitivos campeonatos de GT e resistência. O R.S. 01 concentra o que de melhor tem a Renault Sport em termos de know-how, caso da coque em carbono, o que lhe dá um peso inferior a 1100 Kg, a par de um motor com mais de 500 cv e que permite ultrapassar os 300 Km/h com facilidade.
Mas vamos ao detalhe. Tal como todos os modelos Renault desenhados sob a direção de Laurens van den Acker, o Renault Sport R.S. 01 possui um proeminente losango que se destaca e valoriza a face dianteira. A impressionante largura de 2000 mm – para 1116 mm de altura – é reforçada pela assinatura dos faróis diurnos de LED, que se prolongam ao longo das aberturas para arrefecimento dos travões.
O que nos diz ainda a marca é que o ar, “sugado” no centro da grelha frontal, é canalizado, através do chassis, para os dois radiadores de água e é expelido pelos dois extratores colocados sobre o capô. A depressão criada com este fluxo de ar permite aumentar o apoio do automóvel na dianteira. A imponente lâmina do “splitter” inferior e o fundo plano completam o dispositivo aerodinâmico na dianteira. As duas aletas situadas em cada um dos lados do para-choques geram vórtices que limitam a turbulência gerada pela rotação das rodas.
O ar “fresco” canalizado pelo “splitter” inferior passa através dos extratores posicionados atrás das rodas dianteiras e segue ao longo das portas, alimentando assim os permutadores de temperatura, o que permite o arrefecimento dos turbocompressores.
Na traseira está a potência. Por isso, para além do “aileron” regulável, o difusor traseiro “cola” o Renault Sport R.S. 01 à pista, ao evacuar o fluxo de ar que passa sob o fundo plano. Este dispositivo tem a grande vantagem de não provocar arrasto e, por isso mesmo, não penalizar a velocidade máxima.
O desempenho aerodinâmico do Renault Sport R.S. 01 permite-lhe obter performances excecionais, ultrapassando os modelos da categoria GT3 e aproximando-o de um automóvel do DTM. Os valores de SCz e SCx são similares aos de um Fórmula Renault 3.5. A uma velocidade de 300 km/h, o apoio gerado de 1,7 toneladas é equivalente ao de um monolugar Fórmula Renault 3.5. Falamos de performances aerodinâmicas de um monolugar.

Recomendadas

Porsche nazi de 18 milhões de euros não é, na verdade, um Porsche

O Type 64 é um antecessor direto da família Porsche que chegou mais tarde e misturou a herança tradicional, desclassificando-o como original, garante o avaliador e engenheiro mecânico, Andy Prill.

Livrete muda a partir de hoje. Saiba como é o Documento Único Automóvel

Esta medida incluída no plano Justiça+ Próxima prevê simplificar o conteúdo informativo que é disposto no documento e reúne dados simples como características do veículo e proprietário.  

Elon Musk apresenta mega bateria para armazenar (muita) energia

Megapack surge da crença da Tesla de que transformar a rede elétrica global e “é um elemento cada vez mais importante da transição para a energia sustentável”.