República prevê gastar 1,1 milhões de euros em 2018 para operação aérea entre Madeira e Porto Santo

A operação deve custar 1,8 milhões de euros até 2020 e mais 699 mil euros em 2021 de acordo com uma resolução publicada em Diário da República.

A companhia aérea Binter inaugurou em junho os voos entre as ilhas do arquipélago da Madeira, com o com o tradicional arco de água de “batismo” protagonizado pelos bombeiros locais.

Foi publicada, em Diário da República, esta segunda-feira, uma resolução que alterou a distribuição dos encargos referentes à ligação aérea entre o Porto Santo e o Funchal. Em 2018 a operação tem um encargo previsto de 1,1 milhões de euros.

O governo central prevê gastar, em 2018, cerca de 1,1 milhões de euros, na operação de ligação aérea entre o Porto Santo e o Funchal, de acordo com uma resolução publicada em Diário da República esta segunda-feira.

A ligação tem um custo previsto de 1,8 milhões de euros para 2019, de 1,8 milhões de euros para 2020 e de 699 mil euros para 2021. Esta resolução, publicada esta segunda-feira, no Diário da República, vem alterar uma resolução do conselho de ministros de março.

De referir que a adjudicação desta ligação entre o Porto Santo e a Madeira foi dada à Binter. Mais recentemente realizou-se uma reunião entre a vice-presidência do Governo Regional, entidades do Porto Santo, e a companhia aérea, com o objetivo de discutir maneiras de melhorar a operação aérea entre as ilhas.

Da reunião ficou acordado que o Governo Regional e a Binter iam estudar a possibilidade de se fazer alterações a nível de horário e tarifário da operação.

Relacionadas

Governo Regional vai estudar com Binter possíveis alterações nos horários e tarifários na ligação entre Madeira e Porto Santo

O objetivo da reunião passou por limar alguns aspectos relativos à ligação aérea com a Madeira e o Porto Santo onde também esteve presente a autarquia desta ilha.

Respostas rápidas: o que representa a entrada da Binter na rota Madeira-Porto Santo?

A companhia espanhola assumiu, este mês, a ligação aérea entre a Madeira e o Porto Santo, após um concurso público que alimentou muita especulação e um pedido de exclusão conduzido pelos portugueses da Aerovip. Para já, a Binter oferece dois voos diários entre as ilhas, mas equaciona ligações com o Continente português, África ou Espanha.

Binter quer assumir-se como companhia aérea da Macaronésia com ligação entre Porto Santo e Madeira

O responsável pela área comercial e de marketing da Binter não exclui a possibilidade de ligação entre o Funchal, Continente, Espanha e África mas que isso está dependente de análise.
Recomendadas

PremiumO Vinho Madeira que passa de geração em geração desde 1850

O maior desafio do Vinho Madeira é aumentar a produção das castas nobres Sercial, Verdelho, Boal, Malvasia e Terrantez, e diminuir a produção da Tinta Negra, “que já é excessiva”, diz Pereira de Oliveira.

PremiumDireito ainda está “fora de questão” mas “poderia reter” estudantes na região

Para já, não está em cima da mesa a criação de uma licenciatura em Direito na UMa, mas o reitor José Carmo diz que o curso tem procura local.

PremiumO valor do patrocínio num evento como o Rali Vinho Madeira

O Rali Vinho Madeira é um evento que ao longo dos anos tem atraído milhares às estradas madeirenses. Mas nem só de público vive esta prova de desporto motorizado. O patrocínio é outras das vertentes que sustenta e ajuda a levar cada edição a bom porto. Entre os patrocinadores estão marcas e empresas como a MEO e o BPI.
Comentários