Respostas rápidas: Pais vão acompanhar filhos no Ensino Básico através do SIGE. Como funciona?  

Os pais com filhos no Ensino Básico vão ter a possibilidade de acompanhá-los através do Sistema Integrado de Gestão Escolar (SIGE) já no próximo ano lectivo, que arranca em Setembro.

O que é o SIGE?

O SIGE é um sistema desenvolvido pelo Núcleo Operacional da Sociedade de Informação (NOSI), em parceria com o Ministério da Educação, que tem proporcionado melhorias dos processos administrativos de gestão escolar, por meio da inovação e de práticas de gestão participativa, fazendo com que o Ministério da Educação tenha um maior domínio do que se passa nas escolas, a sua capacidade de decisão e o tempo de resposta.

O sistema já funciona no secundário e vai ser alargado às escolas básicas para que os pais possam acompanhar o desempenho dos filhos ao longo do ano lectivo.

Como funciona?

O SIGE permite um contacto directo com os pais e encarregados de educação. Por exemplo, se o aluno falta uma aula ao ser marcada a falta, automaticamente o pai ou a mãe recebe uma notificação no seu telemóvel. As notas dos alunos também podem ser consultadas por esse portal.

A ideia é proporcionar uma maior aproximação dos pais que, assim, estarão a par do rendimento escolar, das dificuldades ou das superações dos educandos.

Que vantagens?

O SIGE, segundo o Ministério da Educação, vai sanar muitos problemas causados por descuido de alguns pais e encarregados da educação, que nunca aparecem nas escolas para saber do rendimento dos filhos, apesar dessas crianças estarem numa fase onde o acompanhamento é importante para o sucesso escolar.

Como acessar?

Para cadastrar os pais recebem uma senha ou um código na escola entram através do portal Porton di nos Ilha. Em relação aos pais que não têm contacto ou não se sentem à vontade com as tecnologias, o acompanhamento do aluno será feito através das subdirecções para Assuntos Sociais e Comunitários existentes nos agrupamentos escolares.

 

 

Ler mais
Recomendadas

Cabo Verde Airlines arranca com nova operação inter-ilhas com as portuguesas Lease-Fly e Newtour

A companhia aérea cabo-verdiana, anunciou hoje uma “parceria estratégica” com as portuguesas Lease-Fly e Newtour para os voos domésticos entre ilhas naquele arquipélago e garantindo assim a conectividade ao ‘hub’ internacional na ilha do Sal.

Grupo militar na Renamo recusa entregar armas sem eleger novo presidente do partido

O líder do braço armado da Renamo que contesta a liderança do partido recusou hoje entregar as armas no quadro do acordo de paz assinado com o Governo sem que seja eleito um novo presidente da formação política.

Governo cabo-verdiano disponibiliza 15 mil contos para reabilitar escolas na ilha de Santiago

O governo de Cabo Verde vai, através do Ministério da Educação, conceder este montante para estabelecimentos de ensino nos concelhos do Tarrafal e Santa Catarina.
Comentários