Restrições comerciais à China podem render 24 mil milhões de euros aos EUA

A administração Trump pretende lançar pacote de medidas punitivas contra a China que incluem taxas de importação. Estas podem valer cerca de 24 mil milhões de euros.

Jonathan Ernst/REUTERS

A Casa Branca pretende que se torne mais difícil para as empresas chinesas adquirir tecnologia avançada norte-americana ou investir em empresas nos EUA. O objetivo passa por combater as práticas de comércio internacional chinesas, que a administração Trump considera impróprias.

A administração Trump planeia divulgar na quinta-feira um pacote de medidas punitivas contra a China que incluem taxas de importação que poderão atingir, pelo menos, 30 mil milhões de dólares (cerca de 24 mil milhões de euros).

Essas tarifas não poderão ser impostas de forma imediata. Antes da decisão final, a indústria norte-americana terá a oportunidade de apresentar a sua visão e opinar sobre que produtos deveriam ser sujeitos à medida.

Relacionadas

Venezuela condena sanções contra criptomoeda e acusa EUA de provocar caos económico

O Governo da Venezuela condenou esta segunda-feira “veemenentemente” a decisão do Presidente norte-americano, Donald Trump, de proibir operações com o Petro, a criptomoeda venezuelana, e acusou os EUA de querer provocar o caos económico no país.

Ministro alemão diz que é possível uma solução entre UE e EUA sobre tarifas

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, promulgou no passado dia 8 a imposição de taxas de 25% às importações de aço e de 10% às de alumínio, mas isentou provisoriamente o Canadá e o México.
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários