“Rezem”: Piloto de avião fez o pedido que nenhum passageiro queria ouvir

Airbus seguia da Austrália para a Malásia. O avião conseguiu regressar e aterrar em Perth três horas após a descolagem.

O susto foi grande para os cerca de 359 passageiros a bordo da companhia AirAsia X, uma low cost pertencente à Air Asia, que este domingo partiu às 7h locais (meia-noite em Lisboa) do aeroporto de Perth (Austrália) com destino a Kuala Lumpur, na Malásia.

Segundo Damian Stevens, um dos passageiros a bordo, o piloto pediu aos cidadãos, por duas vezes, para que rezassem.  “Rezem. Eu vou rezar e esperemos conseguir voltar a casa em segurança”, relatou à CNN Damian Stevens. “Estávamos a dormir e ouvimos um estrondo grande. O avião esteve a tremer durante todo o caminho de volta, que durou quase duas horas”, conta.

Um problema de origem técnica nos motores do Airbus 330-300, fabricados pela Rolls-Royce, fez com que o avião começasse a tremer, obrigando-o a voltar atrás. Ainda estão por aguardar os resultados da investigação oficial.

 

 

 

 

Ler mais
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários