Ricardo Salgado é suspeito de ter 30 milhões de euros em Macau

A verba terá alegadamente sido tranferida a 11 de dezembro de 2013, sete meses antes da queda do Grupo Espírito Santo (GES) e do Banco Espírito Santo (BES).

Rafael Marchante/Reuters

O Ministério Público (MP) suspeita que Ricardo Salgado tenha 30 milhões de euros em Macau. A notícia é avançada esta segunda-feira pelo “Correio da Manhã” (CM), que revela a investigação num acordão do Tribunal da Relação de Lisboa, ao qual o jornal teve acesso.

O montante em causa terá alegadamente sido transferido a 11 de dezembro de 2013, sete meses antes da queda do Grupo Espírito Santo (GES) e do Banco Espírito Santo (BES). Na agenda desse ano de Ricardo Salgado, que foi apreendida pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), depois da queda do colapso do GES, surge uma inscrição, que terá levantado suspeitas ao MP.

“O arguido [Ricardo Salgado] não apresentou justificação para um conjunto de inscrições na sua agenda de 2013, do qual aparentemente se extraem movimentos com destino a uma conta em Macau”, pode ler-se no acordão do tribunal.

O mesmo documento revela ainda que nessa mesma agenda se encontra anotada na data em questão que “chegaram a Macau 30 milhões de euros, com valores de 39 OK”, e mais adiante “está mencionado saldo ‘Suisse'”.

Em 2015, Ricardo Salgado foi questionado no DCIAP com essa informação, registando o acordão como resposta que “o arguido menciona que, para além de não conseguir decifrar o conteúdo dessa anotação, que a mesma poderá dizer respeito a movimentos de clientes”.

Relacionadas

Ricardo Salgado terá usado Eurofin para retirar 1,3 mil milhões de euros ao BES

Para além do ex-presidente do Banco Espírito Santo (BES), também Amílcar Morais Pires, ex-administrador financeiro do BES estará envolvido no processo.

Ricardo Salgado recebeu 25.431 euros por mês do saco azul do GES

O nome de Ricardo Salgado consta numa lista de beneficiários de pagamentos permanentes da ES Enterprises, que incluem outros 38 elementos.
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários