Rolha de cortiça presente em 95% dos vinhos mais vendidos na China

Vinhos vedados com rolha de cortiça são cerca de 4,50 euros mais caros que os restantes.

A rolha de cortiça está presente em 95% do Top 100 dos vinhos mais vendidos na China, avança um estudo da consultora Nielsen, frisando que a preferência por este tipo de vedante está bem patente. O estudo aponta, também, que os vinhos vedados com cortiça são cerca de 4,50 euros mais caros que os restantes.

Do Top 100, 65% dos vinhos são produzidos no país, 23% provenientes de França, 9% da Austrália e 3% dos EUA, do Chile e Espanha (1% cada). Ficou, ainda, registado no documento, que dos nove vinhos australianos, oito são vedados com cortiça natural.

João Rui Ferreira, presidente da Associação Portuguesa da Cortiça (APCOR), explica que “o vinho é um presente popular na China para negócios ou ocasiões especiais. Deste modo, os consumidores escolhem vinhos vedados com rolha de cortiça, porque estes são percecionados como vinhos de qualidade superior”.

O estudo revela, também, que, a nível global, a importação de vinhos pela China indica que os vinhos portugueses ocupam o 12º lugar, numa lista onde quem lidera o Top é o país francês, seguido da Austrália e do Chile, nas 2ª e 3ª posições, respetivamente.

“A China é um mercado muito exigente em termos de consumo de vinho, mas o estudo demonstra bem que há também aqui uma oportunidade para os exportadores portugueses, pois não existe nenhum vinho nacional no Top 100”, adverte o presidente.

Desde 2010 que a APCOR desenvolve ações de comunicação visando a promoção da cortiça na China, detentora da segunda maior área vitícola, a nível mundial, segundo a Organização Internacional da Vinha e do Vinho.

“Estamos a falar de milhões de consumidores que biscam produtos de qualidade e os resultados deste estudo reforçam a importância dada à cortiça, abrindo-nos bastantes potencialidades de negócio”, evidencia João Rui Ferreira.

 

Ler mais
Recomendadas

Vistos gold: Investimento captado mais do que triplicou em julho para 98,2 milhões de euros

O investimento captado através dos vistos ‘gold’ mais do que triplicou (aumentou 276%) em julho, face ao período homólogo de 2018, para 98,2 milhões de euros, segundo contas feitas pela Lusa com base nos dados estatísticos do SEF.

Número de viciados em jogo online aumentou mais de 8% em Portugal

No espaço de seis meses, 38.600 pessoas pediram para ser impedidas de jogar online, mais 3.200 pessoas face a 2018, uma subida de 8,3%.

Avião de carga aterrou de emergência no aeroporto do Porto  

Um avião de carga com dois tripulantes fez hoje uma “aterragem de emergência” em segurança no aeroporto do Porto devido a um “problema no motor”, disse à Lusa fonte da Proteção Civil.
Comentários