Ronaldo, Mourinho, Di María, Falcão e Coentrão. Todos têm um homem em comum

Não é Jorge Mendes … Até hoje, o testa-ferro dos jogadores passou despercebido por muitos. O El Economista teve acesso a documentos que provam que os jogadores acusados de fraude fiscal em Espanha têm um homem em comum.

As grandes estrelas de futebol representadas por Jorge Mendes e que estão a ser acusadas de fraude fiscal usam o mesmo testa-ferro, de acordo com o jornal espanhol El Economista.

Segundo a documentação a que o diário teve acesso, o homem em questão chama-se Andy Quinn. É um advogado irlandês, e gerente da empresa ‘Multi & Image Management’ (MIM), que tem sede em Dublin, e que cobra direitos de imagem a jogadores como Cristiano Ronaldo, José Mourinho, Ángel di María, Fábio Coentrão e Radamel Falcão.

O irlandês é gerente de mais 25 empresas, só na Irlanda, e, de acordo com investigações realizadas até ao momento, essas empresas constroem uma rede de firmas que os atletas têm usado para desviar receitas para paraísos fiscais. De acordo com um conjunto de documentos revelados pelo Football Leaks, em cooperação com o El Mundo no final do ano passado, o esquema foi desenvolvido principalmente por empresas nas Ilhas Virgens, Britânicas e no Panamá.

No primeiro caso, Ronaldo teria operado através de três empresas – ‘Tollin Associates’, ‘Adifore Financeiras’ e ‘Arnel’; Mourinho e Ricardo Carvalho utilizaram a ‘Koper’ e a ‘Alda’. Fábio Coentrão (através da ‘Rodinn’) e Di María (pela ‘Sunpex’) desviaram dinheiro pelo Panamá.

Quinn, para além de ser gerente da MIM, também trabalha para a ‘Gestifute International Limited’, de Jorge Mendes, baseada na Irlanda.

Ángel Di María, a estrela de futebol argentino, declarou-se culpado este semana, num processo de fuga ao fisco espanhol.

Di María joga atualmente no Paris St Germain (PSG) mas foi investigado relativamente ao seu tempo como jogador no Real Madrid e ficou provado que defraudou 1,3 milhões de euros em direitos de imagem entre 2012 e 2013. Foi formalmente acusado e concordou pagar a multa e os impostos em atraso, o que perfaz um valor de dois milhões de euros.

O argentino transferiu os seus direitos de imagem para a ‘Sunpex Corporation’, uma empresa no paraíso fiscal do Panamá. Sunpex cedeu os seus direitos às empresas MIM, de Quinn e à Polaris Sports, também sediada em Dublin, de acordo com os relatórios espanhóis.

 

 

Ler mais
Relacionadas

Mendes desafia fisco espanhol: Cristiano não vai pagar 14,7 milhões de euros

Fonte da Gestifute confirmou à agência Efe a posição da empresa que representa Cristiano Ronaldo.

Fuga ao Fisco: Defesa de CR7 terá falsificado documento-chave

O exclusivo de hoje é do semanário alemão ‘Der Spiegel’, que diz que a defesa de Cristiano falsificou a data de um documento.

‘Hacienda Fútbol Club’: Uma equipa de sonho com o Fisco ‘à perna’

Jornal A Marca fez uma lista dos jogadores e treinadores a quem o Fisco espanhol está a fazer marcação “homem-a-homem”. Guarda-redes, defesas, laterais, médios, avançados e até um treinador: esta é mesmo uma equipa de sonho.

Vai sair o ‘euromilhões’ ao fisco espanhol (e quem paga é Ronaldo)

Rádio espanhola ‘Cadena Cope’ avança com a informação. Segundo o jornal ‘As’, Cristiano repensa a saída do Real Madrid.

“Ninguém é criminoso se não for condenado”: Ministro espanhol defende Ronaldo

Cristobal Montoro, ministro das Finanças de Espanha, apelou ao respeito pela presunção da inocência do futebolista português do Real Madrid.

Mourinho acusado de fraude fiscal em Espanha

O montantes defraudado ascende os três milhões de euros e diz respeito a direitos de imagem. As autoridades espanholas consideram “obtenção de um benefício ilegítimo”.
Recomendadas

Arranca hoje a corrida do FC Porto pela Champions de olho em encaixe de 44 milhões

Sérgio Conceição e os seus homens estão a, pelo menos, 360 minutos de distância de poderem engordar a conta bancária dos azuis e brancos de forma generosa. Este encaixe financeiro é visto como fundamental pela SAD portista. 

Benfica celebra parceria com Placard por três anos

O Sport Lisboa e Benfica acaba de celebrar uma parceria com o Placard.pt que, nos próximos três anos, será o patrocinador oficial de apostas desportivas do clube. Segundo um comunicado do clube da Luz, “o Placard.pt marcará presença relevante tanto no ‘site’ oficial, como nas várias plataformas digitais do Benfica, sendo que ambas as entidades […]

Estádio do Estrela da Amadora na Reboleira vai a leilão por seis milhões de euros

No decorrer de um processo de insolvência do Estrela da Amadora, foi fundado um novo clube, o Clube Desportivo Estrela, que usa as instalações da Reboleira.
Comentários