Rui Alves: presidência da Liga não terá sotaque madeirense

Rui Alves, um dos três candidatos às eleições de junho para a presidência da Liga de clubes de futebol, anunciou hoje que não se apresentará a votos para o novo ato eleitoral, afirmando que “para tudo há limites”. A lista de Rui Alves para as eleições de 11 de junho foi rejeitada – tal como […]

Rui Alves, um dos três candidatos às eleições de junho para a presidência da Liga de clubes de futebol, anunciou hoje que não se apresentará a votos para o novo ato eleitoral, afirmando que “para tudo há limites”.

A lista de Rui Alves para as eleições de 11 de junho foi rejeitada – tal como a de Fernando Seara – uma vez que o presidente da Mesa da Assembleia-Geral eleitoral da Liga, Carlos Deus Pereira, considerou que ambas continham irregularidades. Assim, apenas a lista do atual presidente, Mário Figueiredo, foi a votos, ganhando umas eleições que posteriormente o Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol mandou repetir.

“Para tudo há limites, pelo que, não estando disponível para continuar a desmascarar este comportamento [do presidente da Mesa], anuncio que retiro a minha candidatura”, indicou hoje Rui Alves na página oficial da sua lista.

Recomendadas

Arranca hoje a corrida do FC Porto pela Champions de olho em encaixe de 44 milhões

Sérgio Conceição e os seus homens estão a, pelo menos, 360 minutos de distância de poderem engordar a conta bancária dos azuis e brancos de forma generosa. Este encaixe financeiro é visto como fundamental pela SAD portista. 

Benfica celebra parceria com Placard por três anos

O Sport Lisboa e Benfica acaba de celebrar uma parceria com o Placard.pt que, nos próximos três anos, será o patrocinador oficial de apostas desportivas do clube. Segundo um comunicado do clube da Luz, “o Placard.pt marcará presença relevante tanto no ‘site’ oficial, como nas várias plataformas digitais do Benfica, sendo que ambas as entidades […]

Estádio do Estrela da Amadora na Reboleira vai a leilão por seis milhões de euros

No decorrer de um processo de insolvência do Estrela da Amadora, foi fundado um novo clube, o Clube Desportivo Estrela, que usa as instalações da Reboleira.