Ryanair marca voos adicionais para sexta-feira devido à greve dos tripulantes em Portugal

A companhia irlandesa de baixo custo voltou a pedir “sinceras desculpas aos clientes e respetivas famílias afetados por estes atrasos, provocados por esta greve desnecessária e injustificada”.

A Ryanair informou esta quinta-feira que os seus passageiros foram recolocados em voos extra e que haverá viagens adicionais na sexta-feira, no âmbito da greve de hoje dos tripulantes de cabine da transportadora aérea em Portugal.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a empresa reafirmou que a “grande maioria” dos tripulantes continua esta quinta-feira “a trabalhar dentro da normalidade”, à semelhança da informação dada durante a manhã.

“Houve um pequeno número de voos cancelados, mas os clientes foram recolocados em voos extra que operaram esta manhã de bases da Ryanair fora de Portugal para o Porto e Faro. Foram também marcados voos adicionais para amanhã [sexta-feira] para acomodar passageiros perturbados por esta greve”, lê-se no comunicado.

A companhia irlandesa de baixo custo voltou a pedir “sinceras desculpas aos clientes e respetivas famílias afetados por estes atrasos, provocados por esta greve desnecessária e injustificada”.

“Estamos bastante gratos aos nossos tripulantes de cabine portugueses por colocarem os nossos clientes em primeiro lugar, ignorando esta greve”, afirma a companhia, que referiu que informações sobre os voos podem ser consultadas no seu ‘site’.

Os tripulantes de cabine da Ryanair em Portugal cumprem desde a meia-noite o primeiro de três dias de greve não consecutivos para exigir que a companhia aplique a lei nacional.

Esta manhã, o Sindicato Nacional Do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) garantiu à Lusa que a adesão à greve dos tripulantes portugueses da Ryanair ultrapassava os 90% e que a transportadora aérea estava a substituir os grevistas por tripulantes de outros locais, “cometendo uma ilegalidade”.

O SNPVAC convocou uma greve de tripulantes de cabine da Ryanair para esta quinta-feira, domingo de Páscoa e quarta-feira (04 de abril) porque as conversações com a transportadora “verificaram-se infrutíferas” sobre as exigências para aplicar a lei portuguesa, nomeadamente o direito de parentalidade e baixas médicas.

Ler mais
Relacionadas

Sindicato acusa Ryanair de substituir “ilegalmente” tripulantes grevistas

A adesão à greve dos tripulantes portugueses da Ryanair ultrapassa os 90%, mas a transportadora aérea está a substituir os grevistas por tripulantes de outros locais, “cometendo uma ilegalidade”, garantiu hoje a presidente do SNPVAC.

Sindicato de Pessoal de Voo exige à Ryanair aplicação de lei portuguesa

O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil acusa a low cost irlandesa de não cumprir o Código do Trabalho nem a Constituição portuguesa.

“Ignorem a ameaça de greve” nesta Páscoa, pede a Ryanair

Companhia não espera que ”muitos dos elementos de tripulação de cabine adiram a esta greve”, mas que não pode ser descartada a “possibilidade de perturbação na operação”, pelo que todos os passageiros afetados serão contactados na quinta-feira, “por email e SMS” (mensagens escritas de telemóvel).

Vai viajar pela Ryanair na Páscoa? Tripulantes confirmam greve de três dias

Em comunicado, a SNPVAC revela que as conversações com a transportadora “low-cost” revelaram-se “infrutíferas”.
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários