Sara Sampaio é o novo rosto do BPI

A modelo portuguesa, que vive nos Estados Unidos, esteve dois dias em Portugal a gravar uma campanha publicitária para o banco.

António Cotrim/Lusa

O banco BPI anunciou a assinatura de um contrato de direitos de imagem com a modelo portuguesa Sara Sampaio, para que seja o novo rosto da instituição financeira. O contrato terá a duração de um ano e prevê a utilização da imagem em ações de comunicação e publicidade.

Sara Sampaio esteve dois dias em Portugal a filmar uma campanha publicitária do BPI que será lançada em abril e incluirá um investimento multimeios em televisão, digital, rádio, imprensa, mupis e decoração da rede de balcões do Banco. A campanha teve a criatividade da Partners, agência criativa do BPI.

“Aceitei ser a imagem do BPI pelas mesmas razões que me fizeram ser cliente do Banco: é uma marca credível, inovadora, muito próxima e que oferece confiança. Além disso, agrada-me trabalhar com um banco que, como eu, nasceu na cidade do Porto. Vejo o BPI como um companheiro de viagem, como alguém que está ao nosso lado para nos ajudar a concretizar os nossos sonhos”, explicou Sara Sampaio.

A supermodelo portuguesa, natural do Porto, vive nos Estados Unidos da Américae é um dos “anjos” da famosa marca de lingerie Victoria’s Secret.

Relacionadas

E a mulher mais influente de Portugal é…

No Dia Internacional da Mulher, a equipa do Jornal Económico sugeriu 18 mulheres consideradas as mais influentes do nosso país, que estiveram a votos durante todo o dia 8 de março. Os leitores votaram e escolheram a atual Procuradora-Geral da República, Joana Marques Vidal.

Sara Sampaio: “As redes sociais vieram dar uma voz para as modelos denunciarem abusos”

A supermodelo portuguesa falou na Web Summit sobre como usa a conta no Instagram para tentar convencer a indústria a proteger as modelos. Numa altura em que os escândalos relacionados com assédio já chegaram ao mundo da moda, Sampaio criticou os agentes, as revistas e as marcas por terem ignorado os abusos durante tanto tempo.

BPI financia primeiro projeto de reabilitação urbana no Porto no âmbito do IFRRU2020

A operação, no montante de 1,5 milhões de euros, com prazo de 20 anos, destina-se a financiar um projeto de investimento de 2 milhões de euros para a reabilitação integral de um edifício localizado na Baixa do Porto, próximo da estação de S. Bento.

BPI é a marca preferida de 53% dos inquiridos pela Selecções Reader’s Digest

A marca que o CaixaBank decidiu manter em Portugal foi eleita pelo 5.º ano consecutivo como a Marca de Confiança e subiu 16 pontos percentuais na confiança dos inquiridos face à edição anterior.
Recomendadas

Inovação e empreendedorismo

Há que aplicar as novas tecnologias à cadeia de valor de uma empresa para que esta possa fornecer a melhor resposta ao cliente, conhecendo e focando-se nas necessidades que este tem. Neste ponto as startups representam uma mais-valia.

CGD avalia ações contra gestores que aprovaram crédito a Vale do Lobo

Advogados da CGD estão a avaliar ações cíveis contra gestores da administração de Santos Ferreira que deram ‘luz verde’ a operação Vale do Lobo. Parecer é entregue após o verão para decisão final.

JP Morgan bem posicionado para liderar entrada em bolsa da WeWork

Dona da WeWork vai emitir obrigações até seis mil milhões de dólares e fontes próximas da empresa revelaram que a instituição financeira que montar esta operação poderá ter papel ativo na entrada em bolsa da WeWork.
Comentários