Segurança Social deferiu quase 15 mil pensões antecipadas

Idade média destes pensionistas é de cerca de 61,5 anos, sendo que o valor médio da reforma ronda os 780 euros.

Cristina Bernardo

A Segurança Social deferiu 14.673 pedidos de reforma antecipada ao abrigo do regime das muito longas carreiras contributivas que permite a pensão sem corte do fator de sustentabilidade, anunciou hoje o ministro do Trabalho, Vieira da Silva no parlamento.

Do total de reformas antecipadas aprovadas ao abrigo deste regime, 11.435 (ou 77,9%) já têm decisão final e estão em pagamento, revela o documento entregue pelo ministro aos deputados da comissão parlamentar de Trabalho e Segurança Social, onde está a ser ouvido.

Segundo acrescentou o ministro, a idade média destes pensionistas é de cerca de 61,5 anos, sendo que o valor médio da reforma ronda os 780 euros.

O novo regime das muito longas carreiras contributivas entrou em vigor em outubro de 2017, eliminando o corte do fator de sustentabilidade (14,5%) para quem tenha 60 anos ou mais de idade e começou aos 14 anos ou menos a fazer descontos e que tenha pelo menos 46 anos de contribuições ou para quem tenha pelo menos 60 anos de idade e 48 de descontos.

Recomendadas

Como a Indústria 4.0 pode ajudar a criar a fábrica do futuro

A fábrica do futuro é o centro de uma cadeia de distribuição que combina clientes, fornecedores, distribuidores e parceiros com sistemas analíticos avançados. Isso pode levar a uma “produção perfeita” com o mínimo de tempo de inatividade, negligência, desperdício e ineficiência.

Sustentabilidade no investimento: menos risco, mais valor

Reduzir a quantidade de plásticos descartáveis ou viajar de comboio são duas formas de reduzir a nossa pegada ecológica. E no investimento, o que podemos fazer para reforçar a sustentabilidade?
Comentários