Sete mortos em ataques no estado brasileiro de Fortaleza

A violência crescente no Ceará obrigou o governo federal a enviar, há três semanas, uma força para esta cidade.

REUTERS/Diego Vara

Sete pessoas morreram e, pelo menos, quatro ficaram feridas na noite desta sexta-feira, no estado de Fortaleza, Brasil.

Os ataques verificaram-se por volta das 22h30, em diferentes pontos do bairro do Benfica, no centro da capital de Fortaleza: Ceará. Suspeita-se que tenham sido praticados por um mesmo grupo, num curto período de tempo. Ao que tudo indica o caso pode estar ligado a rivalidades entre grupos rivais do crime.

A ocorrência está a ser investigada pela Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa.

A violência é crescente no Ceará, o que levou o governo federal a enviar, a 19 de fevereiro, uma força composta por agentes da Polícia Federal e da Força Nacional para combater o crime organizado no estado.

Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários