Siemens ganha construção da subestação da central SOLARA4 no Algarve

Neste momento, o projeto está na fase de engenharia e aprovisionamento dos principais equipamentos, estando prevista a conclusão da subestação dentro de um ano.

A construção da subestação de alta tensão que permitirá ligar à rede nacional de transporte de energia a SOLARA4, a maior central fotovoltaica não subsidiada da Europa e uma das 20 maiores centrais de energia solar do mundo, que está a ser desenvolvida em Alcoutim, no Algarve, está a cargo da Siemens Portugal.

Este projeto, chave na mão, prevê a construção de uma subestação de 400 kV que irá ligar a central fotovoltaica de 220 MW, localizada no sul de Portugal, à Rede Nacional de Transporte, esclarece a empresa, em comunicado, acrescentando ainda que a gestão técnica do projecto da subestação será realizada pela WElink, empresa irlandesa especializada em energias renováveis e parceira da China Triumph International Engineering (CTIEC), empreiteiro responsável pela obra.

Recorde-se que a central SOLARA4, que irá estender-se por uma área de 400 hectares, terá uma produção anual de eletricidade de 383 gigawatts, o equivalente ao consumo anual de uma cidade de 130 mil habitantes.

Sobre a conquista deste projeto, Fernando Silva, diretor da divisão Energy Management da Siemens Portugal, afirma que traduz “a confiança que os principais players do setor depositam nas nossas equipas”, frisando ainda que “foi a nossa expertise, longa lista de referências na área das subestações de alta tensão, engenharia de excelência e experiência de gestão de projetos chave na mão que fizeram a diferença neste processo”.

Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários