Silva Peneda: “Queremos ajudar à paz social na Altice”

Silva Peneda e João Proença integram o conselho consultivo de relações laborais da Altice. Sindicato espera que tragam “maior abertura ao diálogo”.

José Silva Peneda e João Proença são os dois ‘pesos pesados’ da área da concertação social que vão integrar o novo conselho consultivo de relações laborais da Altice. Em declarações ao Jornal Económico, o ex-presidente do Conselho Económico e Social (CES) e o ex-líder da UGT explicaram que o seu papel neste conselho de cinco elementos será propôr soluções que contribuam para a paz social na operadora de telecomunicações, mas frisaram que não pretendem interferir na relação entre a administração, os sindicatos e a comissão de trabalhadores.

“O nosso papel não será negociar com os sindicatos, mas podemos ajudar a tornar o ambiente mais positivo em termos de relações laborais”, disse José Silva Peneda, confirmando a notícia avançada ontem em primeira mão pelo Jornal Económico, sobre a sua ida para o conselho consultivo.

Artigo publicado na edição semanal do Jornal Económico. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor.

Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários