Só a sigla BESA vai sobreviver

O Estado angolano cessa hoje a intervenção direta no Banco Espírito Santo Angola, ao fim de três meses, e só a sigla BESA, apesar da mudança de denominação do banco, poderá permanecer da antiga instituição. Conforme decisão tomada em assembleia-geral (AG) extraordinária, realizada quarta-feira em Luanda, além da mudança da estrutura acionista e do aumento […]

O Estado angolano cessa hoje a intervenção direta no Banco Espírito Santo Angola, ao fim de três meses, e só a sigla BESA, apesar da mudança de denominação do banco, poderá permanecer da antiga instituição.

Conforme decisão tomada em assembleia-geral (AG) extraordinária, realizada quarta-feira em Luanda, além da mudança da estrutura acionista e do aumento de capital, para corrigir o volume de crédito malparado, aquele banco, até agora controlado pelo BES português, passa a denominar-se de Banco Económico SA, o que resulta na mesma sigla (BESA).

A mudança já foi autorizada pelo Banco Nacional de Angola (BNA), que também confirmou que, face às medidas decididas pelos acionistas, deliberou “o fim da intervenção direta naquela instituição”. Por esse motivo, cessam funções, a partir de hoje, os dois administradores provisórios designados para o BESA a 4 de agosto.

A gestão do agora Banco Económico SA pode ser novamente assumida pelos acionistas, conforme diz o próprio banco central, acrescentando que manterá, a partir de agora, o “acompanhamento da implementação plena das medidas extraordinárias de saneamento”, bem como de um “novo plano estratégico” para a instituição.

De acordo com informações divulgadas nas últimas horas em Luanda, a banco passa a ser liderado por Angola, com a entrada da petrolífera pública Sonangol, com uma posição de 35 por cento do capital social, somando-se quase 20% da sociedade Geni, que se mantém como acionista. O Novo Banco português assume uma participação de 9,9% e os chineses da Lektron Capital de 35%, segundo as mesmas informações, ainda não confirmadas pelo banco comercial ou pelo BNA.

Na prática, estas mudanças ainda não são visíveis nos balcões do BESA em Luanda, que continuavam hoje a operar com a designação de “Banco Espírito Santo Angola”, conforme a Lusa constatou na capital angolana.

 

OJE/Lusa

Ler mais
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.