Censo sobre mantas mobiliza centenas de voluntários na Madeira

O censo visa avaliar o estado da população da maior ave de rapina diurna que nidifica no arquipélago. Iniciativa abrange também os Açores.

A Sociedade Portuguesa do Estudo das Aves (SPEA) promove a 7 e 8 de abril um censo de mantas na Madeira. Este estudo visa avaliar o estado da população desta ave na Região Autónoma.

Este censo vai decorrer em simultâneo na Madeira e nos Açores. A SPEA apela à cidadania ambiental e à participação dos cidadãos num projeto científico que vai mobilizar centenas de voluntários.

Para participar neste censo, não é necessário ter conhecimentos científicos específicos, basta conseguir identificar esta ave de rapina.

“Famílias curiosas e observadores mais experientes, somam os mais de 200 voluntários envolvidos nas 12 edições deste censo. Distribuídos pela Madeira e Porto Santo, já percorreram mais de 7.050 km de percursos a pé, de carro ou bicicleta nesta iniciativa”, diz a SPEA.

Se está interessado em participar neste inquérito, pode consultar o site, no endereço www.spea.pt/pt/estudo-e-conservacao/censos/censo-de-milhafres-mantas

Recomendadas

PremiumO Vinho Madeira que passa de geração em geração desde 1850

O maior desafio do Vinho Madeira é aumentar a produção das castas nobres Sercial, Verdelho, Boal, Malvasia e Terrantez, e diminuir a produção da Tinta Negra, “que já é excessiva”, diz Pereira de Oliveira.

PremiumDireito ainda está “fora de questão” mas “poderia reter” estudantes na região

Para já, não está em cima da mesa a criação de uma licenciatura em Direito na UMa, mas o reitor José Carmo diz que o curso tem procura local.

PremiumO valor do patrocínio num evento como o Rali Vinho Madeira

O Rali Vinho Madeira é um evento que ao longo dos anos tem atraído milhares às estradas madeirenses. Mas nem só de público vive esta prova de desporto motorizado. O patrocínio é outras das vertentes que sustenta e ajuda a levar cada edição a bom porto. Entre os patrocinadores estão marcas e empresas como a MEO e o BPI.
Comentários