Software da Universidade de Aveiro prevê avanço do mar e dá soluções para o deter

O COAST, que foi desenvolvido na Universidade de Aveiro (UA), usa um software que simula a evolução da linha de costa para as próximas décadas. Esta solução “indica ainda que obras de defesa costeira melhor se adequam a cada praia tendo em conta custos e benefícios”.

Composto por três ferramentas – projecção da evolução da linha de costa para diferentes cenários de intervenção; dimensionamento da intervenção quando o cenário contempla obras de defesa costeira; avaliação de custos e benefícios da intervenção – o COAST “pretende ajudar não só os cientistas a estudarem a erosão costeira como também auxiliar os responsáveis pela protecção da costa na escolha da melhor estratégia para prevenir cenários catastróficos”.

 “Face à importância económica e social das zonas costeiras e aos problemas de erosão que enfrentam, é de antecipar um aumento dos investimentos necessários à realização e manutenção de intervenções de defesa costeira a curto e médio prazo”, apontou Márcia Lima, a investigadora do Departamento de Engenharia Civil (DECivil) da UA que desenvolveu o COAST.

No entanto, alerta a cientista, “é grande a complexidade associada à escolha da melhor intervenção, uma vez que as soluções economicamente mais atractivas conduzem a maiores perdas de território”. Por outro lado, “as soluções que melhor ajudam a manter ou a ampliar o território são pouco atractivas do ponto de vista económico”.

As simulações com o COAST, explica Márcia Lima, “exigem um registo passado e outro actual de batimetria [profundidade do mar] e topografia do local de estudo, e o conhecimento do clima de agitação [estudo das ondas]. É ainda necessário “conhecer o valor atribuído ao território, custos unitários dos materiais e estimativa de custos de manutenção das intervenções, ajustados à realidade do local de estudo”.

Recomendadas

GoParity na corrida para ser uma das 40 vencedoras do World Summit Awards

A ‘shortlist’ final será conhecida em novembro. Os 40 vencedores vão participar no WSA Global Congress 2020, a acontecer em março, em Viena, numa cerimónia em que serão eleitos os oito ‘Global Champions’.

8chan. A casa online dos neonazis continua offline depois do massacre no Texas

O atentado na Nova Zelândia foi o primeiro de quatro a ser anunciado nesta plataforma. Depois do ataque perpetrado contra muçulmanos, o autor do tiroteio em El Paso, Texas, que tirou a vida a menos 22 pessoas usou a mesma fonte para deixar a sua mensagem de supremacia branca.

Oito portugueses entre os vencedores do maior programa universitário de inovação digital da Europa

O European Innovation Academy é o maior programa universitário de aceleração em Inovação Digital da Europa. A terceira edição realizou-se entre os dias 14 de julho e 2 de agosto. Há oito portugueses entre os vencedores, com projetos que vão desde apoio a invisuais e a crianças com doenças crónicas até bicicletas com airbaigs.
Comentários