Tancos: Chefe do Exército e responsáveis das informações e da Segurança Interna ouvidos dia 31

As audições do Chefe do Estado-Maior do Exército (CEME), Rovisco Duarte, e das secretárias-gerais dos serviços de informações e de Segurança Interna sobre Tancos foram hoje marcadas na comissão parlamentar de Defesa para a próxima terça-feira.

A data foi marcada por consenso numa reunião da mesa e coordenadores da comissão de Defesa Nacional, na sequência de uma proposta do PS, disse aos jornalistas o presidente da comissão, o deputado social-democrata Marco António Costa.

Segundo a proposta aprovada, as audições da secretária-geral do Sistema de Segurança Interna, Helena Fazenda, e da secretária-geral do Sistema de Informações da República, Graça Mira Gomes, decorrerão na terça-feira durante a manhã e a audição do CEME a partir das 15:30.

Recomendadas

Marcelo aprova aumentos de 700 euros para juízes, mas critica fosso salarial face aos polícias e militares

Marcelo Rebelo de Sousa destaca que os juízes, e membros de autoridades reguladoras e de supervisão a entidades públicas empresariais e empresas públicas, passando por outras entidades administrativas, já estão com salários mais elevados do que o primeiro-ministro. O Presidente exige que a desigualdade salarial seja “encarada na próxima legislatura”.

Incêndios florestais caíram 26% este ano face a 2018

“Estamos, até hoje, com 6.800 incêndios desde o início do ano, o que significa que temos um número de incêndios 36% inferior à média dos últimos dez anos. E uma área ardida 42% inferior à média dos últimos dez anos”, sublinhou Eduardo Cabrita.

Proteção Civil tem reservas de combustível para “mais de dois meses”

Apesar de garantir que existem reservas para mais de dois meses, Eduardo Cabrita sublinha que as prioridades têm de ser asseguradas quando se fala numa dificuldade de distribuição.
Comentários