TAP vai ter voos para o Canadá desde 179 euros

Reaberta no passado dia 10 de junho, a rota direta da TAP que liga Lisboa a Toronto, no Canadá, custará 179 euros por trajeto a partir de 1 de setembro.

Após mais de duas décadas de interrupção, no passado dia 10 de junho a TAP reabriu a rota que liga Portugal diretamente ao Canadá. São cinco voos semanais que ligam Lisboa a Toronto, com o intuito de captar o crescente fluxo turístico que provém da América do Norte.

Já com mais de 38 mil reservas, a TAP irá avançar com novas tarifas a partir de dia 1 de setembro de 2017. Cada trajeto passará a ter um preço base de 1790 euros, a que acrescem os preços dos serviços que podem ser adicionados, como o embarque de bagagem ou a escolha de lugares. Em todo o caso, as refeições a bordo estão sempre incluídas, independentemente do valor do bilhete.

Durante a inauguração das quatro novas rotas da TAP (Gran Canaria e Alicante, em Espanha; Estugarda, na Alemanha; e Toronto, no Canadá), Fernando Pinto, presidente da companhia aérea nacional, afirmouque os cinco voos semanais da rota do Canadá “podem facilmente passar a voos diários”, reforçando a aposta do acionista David Neeleman em tornar o Atlântico norte o “novo Brasil” para a TAP.

Até ao final do ano, a TAP pretende lançar 10 novas rotas. Às quatro já abertas seguem-se, a partir de 1 de julho, voos entre Lisboa e Bucareste, na Roménia (seis por semana), e para Budapeste, na Hungria (voos diários). A 15 de julho inicia-se a ligação a Colónia, na Alemanha (dois voos diários), e a 17 de julho as rotas para Abidjan, na Costa do Marfim (cinco voos por semana), e Lomé, no Togo (quatro voos por semana). A 29 de outubro a companhia vai ainda lançar 12 voos semanais para Londres, que aterrarão no aeroporto de London City, no centro da capital inglesa.

Relacionadas

Presidente da TAP sobre Lacerda Machado: “além de ser um brilhante advogado, conhece a TAP talvez mais do que eu”

Fernando Pinto, presidente da TAP, disse ao Jornal de Negócios que Lacerda Machado “conhece a TAP talvez melhor que eu”, dando assim o seu aval à nomeação do novo gestor, que tanta polémica tem gerado.

Nomeações para a TAP: Marcelo defende audição de “entidade independente”

Em visita à Feira Nacional da Agricultura, Marcelo Rebelo de Sousa defende que, no futuro, as nomeações de administradores executivos de empresas participadas pelo Estado deverão ser antecedidas de uma audição a uma “entidade independente”.

Atlantic Gateway diz que TAP é uma companhia “privatizada e privada” e pede estabilidade

Consórcio Atlantic Gateway, de Humberto Pedrosa e David Neelman, salienta que a TAP é uma empresa “privatizada e privada” e defende que o futuro conselho de administração – que contará com Diogo Lacerda Machado – tem as competências necessárias para os desafios que a companhia aérea enfrenta.
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários