Tarifas do Canadá aos produtos dos Estados Unidos entraram em vigor

Em causa está uma taxa aduaneira de 25% sobre diversos produtos de metal dos Estados Unidos da América e outra de 10% para mais de duas centenas de produtos norte-americanos como barris de cerveja, whiskey e sumo de laranja.

Kevin Lamarque/REUTERS

A retaliação do Canadá contra as taxas de aço e alumínio anunciadas por Donald Trump entraram em vigor este domingo, 1 julho, data que coincide com o feriado nacional no país. Em causa está uma tarifa de 25% sobre diversos produtos de metal dos Estados Unidos da América (EUA) e outra de 10% para mais de duas centenas de produtos norte-americanos como barris de cerveja, whiskey e sumo de laranja.

O governo canadiano respondeu ontem à imposição de taxas aduaneiras pelos EUA e avançou com taxas às importações norte-americanas no valor de 16,6 mil milhões de dólares canadianos (aproximadamente 12,6 mil milhões de dólares norte-americanos e cerca de 10,7 mil milhões de euros).

O executivo liderado por Justin Trudeau adiantou que lista de bens foi elaborada para exercer pressão política sobre os EUA, daí o montante representar o valor das exportações de metais canadianos afetadas pelas medidas da administração Trump, no ano passado. Para atenuar os prejuízos ao país, o governo do Canadá vai avançar com um pacote de apoios às indústrias e aos trabalhadores afetados pelas restrições, no valor de dois mil milhões de dólares canadianos (cerca de 1,3 mil milhões de euros).

Ler mais
Relacionadas

Canadá retalia com taxas de importação de 10,7 mil milhões

A retaliação à decisão de Donald Trump de taxar o aço e o alumínio canadianos entra em vigor este domingo, 1 de julho.
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários