“Todos os nossos desafios requerem uma Europa forte, unida e solidária” diz António Costa

O primeiro-ministro fez o discurso de abertura do evento “Encontro com os Cidadãos” em Lisboa, no qual está presente também o presidente francês Emmanuel Macron. “As pessoas têm medo, e temos de responder a esses medos”, sublinhou.

A Europa precisa de uma união forte para enfrentar os vários desafios que enfrenta e de investir na convergência para garantir a estabilidade da zona euro, afirmou esta sexta-feira António Costa.

“Todos os nossos desafios requerem uma Europa forte, unida e solidária”, referiu o primeiro-ministro português no início do evento  ‘Encontro com os Cidadãos’, na Fundação Calouste Gulbenkian em Lisboa, no qual está presente também o presidente francês Emmanuel Macron.

“A Europa em conjunto pode fazer mais do que cada um pode fazer individualmente”, acrescentou.

António Costa salientou que “as pessoas têm medo” em relação a vários assuntos como o populismo, o terrorismo, a globalização, a migração e a digitalização, afirmando que “temos de combater esses medos”.

O primeiro-ministro afirmou ainda que somente a convergência das economias do bloco da moeda única pode permitir a estabilidade financeira da zona euro.

 

Ler mais
Relacionadas

Costa, Macron e Sánchez: trio reúne-se para impulsionar interligações energéticas

Com as metas europeias de 10% de interligações até 2020 e de 15% até 2030, em mente, os líderes europeus irão debater na Cimeira de Interligações Energéticas formas de aprofundar o incremento das mesmas.
Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários