Trump quer Air Force One com um visual “mais americano”

Mudanças podem não ficar por aqui: Trump terá a intenção de instalar uma cama maior e mais confortável, parecida com a que tem no seu avião particular.

Carlos Barria/REUTERS

A próxima versão do Air Force One – o avião que transporta o presidente dos Estados Unidos da América e que é um dos seus pontos de recuo quando a segurança dos presidentes está em causa – pode sofrer alterações estéticas, como vem acontecendo periodicamente. É que, de acordo com o site noticioso Axios, citado pela TSF, Donald Trump tenciona substituir “o azul Jackie Kennedy” por uma paleta de cores que lhe dê um visual “mais americano”.

O mesmo site avança que Trump considera que o azul atual – tecnicamente ‘ultramarino luminoso’ – não representa os Estados Unidos da América devidamente e aponta para anteriores ocupantes da Casa Branca, John F. Kennedy no caso, o que aparentemente lhe é adverso. O novo modelo pode passar pelas cores vermelho, branco e azul, que fazem parte da bandeira do país.

Mas as mudanças podem não ficar por aqui. Trump terá a intenção de instalar uma cama maior e mais confortável, parecida com a que tem no seu avião particular.

Ainda não há certezas sobre se as mudanças podem mesmo vir a acontecer, uma vez que as alterações ao Air Force One poderão causar atrito com a Força Aérea – dado que a aeronave não é bem um ‘brinquedo’ do presidente, mas antes um instrumento muito importante do dispositivo de defesa e uma verdadeira fortaleza voadora, apetrechada com o que há de mais moderno em termos de novas tecnologias.

Mesmo que as modificações avancem, Donald Trump só deve poder viajar nos novos Boeing 747 caso seja reeleito, tendo em conta que ainda é preciso converter duas aeronaves em ‘casas brancas voadoras’. Mas isso, a ver pelas sondagens, não parece ser um problema.

Recomendadas

“Que Deus abençoe a memória daqueles em Toledo”. Trump engana-se no nome da cidade do massacre no Ohio

O presidente norte-americano referiu-se referiu a Toledo, e não a Dayton, nas suas observações sobre um dos recentes massacres onde morreram nove pessoas e outras 27 ficaram feridas.

A “Casa de Papel” na vida real: Assalto à Casa da Moeda do México leva dos cofres 50 milhões em menos de 4 minutos

Os assaltantes conseguiram desarmar um guarda e furar todas as barreiras de segurança até chegarem ao cofre de segurança, que estaria aberto. Em menos de quatro minutos, o grupo de homens roubou e fugiu do edifício sem que a polícia tivesse sequer chegado.

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.
Comentários