UTAO: economia portuguesa vai crescer 2,5% em 2017

A previsão tem por base os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) relativos ao primeiro trimestre, ou seja, uma expansão do PIB de 2,8% em termos homólogos e de 1,0% em cadeia.

A Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO) acredita que o Produto Interno Bruto (PIB) português vai expandir 2,5% este ano, segundo a nota sobre a execução orçamental até abril, a que a agência Lusa teve acesso. O cenário prevê que o crescimento económico dos próximos trimestres seja em linha com as previsões do Programa de Estabilidade do Governo.

A previsão tem por base os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) relativos ao primeiro trimestre, ou seja, uma expansão do PIB de 2,8% em termos homólogos e de 1,0% em cadeia.

“Na hipótese dos trimestres remanescentes de 2017 registarem uma variação nula em cadeia, o crescimento anual do PIB situar-se-á em 2,0%”, ou seja, mais 0,2 pontos do que a projeção do Governo, refere a nota, citada pela Lusa.

Caso o crescimento em cadeia nos próximos trimestres confirmar a previsão do Programa de Estabilidade do Governo, “o crescimento do PIB em 2017 tenderá a situar-se em torno de 2,5%”, espera a UTAO. Os técnicos da unidade prevêem que o crescimento económico corresponda às previsões do Governo “no caso de uma contracção em cadeia em torno de 0,2%”.

Recomendadas

Como a Indústria 4.0 pode ajudar a criar a fábrica do futuro

A fábrica do futuro é o centro de uma cadeia de distribuição que combina clientes, fornecedores, distribuidores e parceiros com sistemas analíticos avançados. Isso pode levar a uma “produção perfeita” com o mínimo de tempo de inatividade, negligência, desperdício e ineficiência.

Sustentabilidade no investimento: menos risco, mais valor

Reduzir a quantidade de plásticos descartáveis ou viajar de comboio são duas formas de reduzir a nossa pegada ecológica. E no investimento, o que podemos fazer para reforçar a sustentabilidade?
Comentários