Venda de centros de comerciais podem atingir recorde em 2018

Poderão ser transacionados 15 centros comerciais ainda este ano, embora algumas negociações possam só ficar concluídas no próximo ano.

As potenciais vendas de 15 centros comerciais podem valer um “recorde histórico” durante este ano. Estas são as previsões reveladas pela consultora imobiliária “Cushman&Wakefield” e pela empresa de investimento imobiliário “CBRE”, na edição desta sexta-feira do “Jornal de Negócios”.

Nuno Nunes diretor da CBRE afirma que “nem todas as operações” podem ser concluídas este ano, mas ainda assim a empresa “prevê que 2018 encerre com aproximadamente 1.400 milhões de euros de investimento no setor”.

Por sua vez Paulo Sarmento, responsável pela equipa de mercado de capitais da Cushman&Wakefield salienta que até ao fim de 2018 serão vendidos até 10 centros comerciais, mas que podem chegar a 15 “se incluirmos aqueles cuja aquisição vai provavelmente resvalar para 2019”.

Segundo o “Jornal de Negócios”, encontram-se atualmente em negociação três estabelecimentos que são propriedade da Sonae Sierra: Rio Sul, Madeira Shopping e Nova Arcada. Neste primeiro semeste, a Sonae Sierra já havia confirmado a venda do Serra Shopping.

Relacionadas

Sonae Sierra Brasil e Aliansce em negociações para fusão de negócios

No entanto, a Sonae Sierra Brasil garantiu que, até à data, “não há qualquer proposta ou acordo firmado sobre a efetivação de uma potencial transação envolvendo as companhias”.
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários