Vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol sujeito a caução de 60 mil euros

Hermínio Loureiro não pode contactar com restantes arguidos do processo “Ajuste Secreto”.

Hermínio Loureiro, vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol, foi liberto pela  juíza de instrução criminal do Tribunal da Feira libertou, sob caução de 60 mil euros, no seguimento da operação “Ajuste Secreto”, avança a Lusa.

Tiago Rodrigues Bastos, advogado do arguido, revelou esta segunda-feira, por volta das 20 horas, a saída do Tribunal da Feira.

Foi neste mesmo tribunal que decorreram interrogatórios judiciais aos outros sete arguidos detidos nesta operação.

 

Recomendadas

Arranca hoje a corrida do FC Porto pela Champions de olho em encaixe de 44 milhões

Sérgio Conceição e os seus homens estão a, pelo menos, 360 minutos de distância de poderem engordar a conta bancária dos azuis e brancos de forma generosa. Este encaixe financeiro é visto como fundamental pela SAD portista. 

Benfica celebra parceria com Placard por três anos

O Sport Lisboa e Benfica acaba de celebrar uma parceria com o Placard.pt que, nos próximos três anos, será o patrocinador oficial de apostas desportivas do clube. Segundo um comunicado do clube da Luz, “o Placard.pt marcará presença relevante tanto no ‘site’ oficial, como nas várias plataformas digitais do Benfica, sendo que ambas as entidades […]

Estádio do Estrela da Amadora na Reboleira vai a leilão por seis milhões de euros

No decorrer de um processo de insolvência do Estrela da Amadora, foi fundado um novo clube, o Clube Desportivo Estrela, que usa as instalações da Reboleira.
Comentários