Violas notifica Concorrência sobre controlo da Super Bock

O grupo Violas, que efetuou a notificação à Autoridade da Concorrência (AdC) há uma semana, a 1 de março, aguarda agora uma decisão de “não oposição” da autoridade ao negócio.

A empresa Violas notificou a Concorrência da compra do controlo da Viacer, dona de 56% da Super Bock, depois de em fevereiro o BPI e o Fundo de Pensões do banco venderem as participações, revela um aviso da AdC.

O grupo Violas, que efetuou a notificação à Autoridade da Concorrência (AdC) há uma semana, a 1 de março, aguarda agora uma decisão de “não oposição” da autoridade ao negócio.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), em meados de fevereiro, o BPI esclareceu que o grupo português encabeçado pela Violas SGPS reforçava a sua posição na Viacer, dos atuais 46,5%, para 71,5%.

Quando for dada a luz verde da AdC, o grupo Violas passa a deter, indiretamente, pela Viacer, a maioria do capital social da cervejeira portuguesa, especifica o texto.

O valor da operação, segundo o mesmo comunicado, foi de 233 milhões de euros, 130,4 milhões de euros relativos aos 14% do BPI na Viacer e 102,5 milhões de euros por 11% do Fundo de Pensões do BPI.

A Viacer, uma SGPS – sociedade gestora de participações sociais, opera no setor das bebidas, através da participação de 56% na Super Bock Group, e a Violas, também SGPS, encabeça um grupo de empresas dos setores industrial – como cordoaria e outros materiais de enfardamento e embalagem ou acondicionamento industrial – e de prestação de serviços, nomeadamente jogo, hotelaria, educação e imobiliário.

Ler mais
Relacionadas

Violas diz que compra de posição do BPI na dona do Super Bock decidiu-se em três semanas

O grupo Violas acordou, a 15 de fevereiro, a aquisição de uma participação de 25% na sociedade Viacer – Sociedade Gestora de Participações Sociais ao Banco BPI e ao Fundo de Pensões do Banco BPI, por 233 milhões de euros.

Morais Leitão apoia Violas na compra da dona da Super Bock

Os advogados Eduardo Verde Pinho e Fábio Castro Russo prestaram assessoria à aquisição ao BPI.

BPI vende posição na Super Bock ao Violas por 233 milhões

O BPI vende 25% da Viacer que por sua vez detém 56% do capital social da Super Bock Group, SGPS, logo indiretamente o BPI vende 14% da Super Bock.
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários