Volume de negócios na indústria cresce 3,4% em janeiro

Na indústria, os índices do emprego, das remunerações e das horas trabalhadas, por seu turno, registaram crescimentos homólogos de 3,8%, 5,1% e 1,6% em janeiro.

O Índice de volume de negócios na Indústria registou uma variação homóloga de 3,4% em janeiro, numa redução de 0,1 pontos percentuais face aos 3,5% registados no mês anterior, divulgou hoje, sexta-feira, o Instituto nacional de Estatística (INE).

Quanto ao índice de vendas para o mercado nacional abrandou de 3,1% em dezembro para 1,7% no mês de janeiro, enquanto para o mercado externo acelerou 1,7 pontos percentuais para 5,9%,

O agrupamento de Energia foi o único a contribuir negativamente para a variação do índice agregado, em resultado da variação homóloga numa descida de 12,6% em janeiro (6,2% em dezembro), tendo os restantes agrupamentos apresentado crescimentos homólogos superiores aos observados em dezembro.

O principal contributo positivo foi dado pelos Bens de Investimento, originado pelo aumento de 24,8% (11,1% em dezembro). A variação homóloga dos Bens Intermédios passou de 1,3% em dezembro para 7,9% em janeiro. Por sua vez, o agrupamento de Bens de Consumo aumentou 3,7% após a redução de 0,5% em dezembro.

Os índices do emprego, das remunerações e das horas trabalhadas, por seu turno, registaram crescimentos homólogos de 3,8%, 5,1% e 1,6% em janeiro, que compara com um aumento de 4,1%, 7,2% e 1,4% em dezembro, respetivamente.

 

Ler mais
Recomendadas

Indústria Alimentar: o caminho da digitalização

No contexto da Indústria Alimentar, as organizações para se adaptarem necessitam de investir, e, atualmente, as tecnologias digitais chave passam pela: Robótica, Serviços móveis, Tecnologia Cloud, Internet-of-Things, Cibersegurança, Big Data e Analítica avançada, Impressão 3D, Inteligência Artificial e Social Media. Os consumidores, também eles cada vez mais nativos digitais, ditam tendências e as indústrias adaptam-se, quer […]

Japão testa drones que transportam pessoas para diminuir o trânsito

Os responsáveis pelo projeto apontam que os drones tripulados poderão ser uma solução para combater o trânsito: “O Japão é um país com uma densidade populacional muito elevada, e como tal, carros voadores poderão ser a solução para diminuir o trânsito no país”.

Procrastinação ou a coragem de mudar

É preciso saber e decidir sem vacilar. Caso contrário, faremos parte das fotos guardadas no baú. Para mais tarde recordar.
Comentários