Em causa está o percurso feito pela aeronave que habitualmente abastece em Nampula, partindo daquela cidade moçambicana para fazer escala em Tete, no interior do país, e seguir para Joanesburgo, na África do Sul – fazendo depois o percurso inverso, referiu.

Segundo a mesma fonte, na última semana foram cancelados dois voos neste percurso.