Wall Street com quedas generalizadas a abrir a sessão

Principais índices norte-americanos abriram em queda na sessão de hoje. O analista do Millennium Investment Bank destaca a nível empresarial as reações em alta às contas de IBM e Danaher, contrastando com a resposta negativa aos números de American Express (-3,43%), eBay (-9,62%) e Philip Morris (-5,94%).

Reuters

Wall Street abriu em queda a acompanhar o ambiente das congéneres europeias. O Dow Jones desce 0,31% para 25.120,5 pontos; o S&P 500 cai 0,16% para 2.811 pontos e o Nasdaq está em queda de 0,17% para 7.841,3 pontos.

O analista do Millennium Investment Bank destaca a nível empresarial as reações em alta às contas de IBM e Danaher, contrastando com a resposta negativa aos números de American Express (-3,43%), eBay (-9,62%) e Philip Morris (-5,94%).

A IBM (+3,18%) apresentou um resultado líquido no 2º trimestre a crescer 3% para 2,4 mil milhões de dólares, ou 2,61 dólares/ação.

Receitas do 2º trimestre aumentaram 2% (ajustadas a efeitos cambiais), para os 20 mil milhões de dólares. “Para além de terem superado o antecipado pelos analistas  denotaram um ganho de momentum importante para os investidores, após a estagnação verificada no 1ºtrimestre”, diz o analista Ramiro Loureiro.

Já a American Express teve um resultado líquido a subir 21% para 1,62 mil milhões de dólares, ou 1,84 dólares por ação, superando ligeiramente o esperado pelos analistas (1,83 dólares/ação).

A empresa reportou receitas trimestrais que aumentaram 9% para 10 mil milhões de dólares, mas ficaram aquém dos 10,07 mil milhões antecipados pelos analistas.

Segundo o BCP “a faturação registada em todo o mundo, uma medida de gastos com cartões de crédito, aumentou 10% para os 295,5 mil milhões de dólares no 2ºtrimestre, um valor que excedeu os 294,1 milhões antecipados pelos analistas”.

No semestre as provisões para perdas de crédito totalizaram 806 milhões  de dólares, um nível inferior aos 825 milhões estimados pelos analistas.

Às 15h o Leading Index trará o outlook para a economia norte-americana, sendo antecipada uma subida do indicador.

Ler mais

Recomendadas

PSI 20 acompanha Europa em alta. Títulos do Grupo EDP impulsionam praça nacional

O principal índice bolsista português soma 0,46%, para 4.855,54 pontos.

Abrandamento da economia poderá ser entrave para Moody’s igualar as pares na avaliação de Portugal

A Moody’s tem agendada uma avaliação à notação da dívida soberana portuguesa esta sexta-feira. A agência poderá querer alinhar-se com a S&P e a Fitch através de uma subida de um grau para ‘Baa2’, mas as incertezas que estão a esfriar o crescimento da economia global poderão ser motivo para manter o ‘status quo’.

Acalmia cambial trouxe bons resultados em Wall Street

O índice tecnológico S&P, .SPL.RCT, que inclui empresas que têm uma maior exposição ao mercado chinês e estiveram no centro das vendas registadas na segunda-feira, foi aquele que mais valorizou nesta sessão, com um crescimento de 1,61%.
Comentários