Wall Street fecha misto, com ligeiro deslize do Nasdaq

Após o Morgan Stanley ter encerrou a ‘earnings season’ dos bancos norte-americanos em alta, as suas ações fecharam com uma subida de 2,81%, para 50,56 dólares. O Dow Jones somou 0,32% e o Nasdaq perdeu 0,01%.

Reuters

A bolsa de Nova Iorque encerrou a sessão desta quarta-feira, dia 18 de julho, mista. Após terem arrancado na linha d’água, os mercados financeiros dos Estados Unidos da América (EUA) beneficiaram dos resultados da banca e ressentiram-se no setor da tecnologia.

Entre os principais índices bolsistas norte-americanos, o industrial Dow Jones somou 0,32%, para 25.199,29 pontos, e acompanhando estes números a ‘verde’, o financeiro S&P 500 ganhou 0,23%, para 2.816,02 pontos. Por sua vez, o tecnológico Nasdaq desvalorizou 0,01%, para 7.854,44 pontos, enquanto o Russell 2000 avançou 0,26%, para 1.691,57 pontos.

Na banca, destaque para o Morgan Stanley, que encerrou a earnings season dos bancos norte-americanos em alta. A instituição financeira liderada por James P. Morgan obteve um resultado líquido de 2,27 mil milhões de dólares no segundo trimestre, o que representa um crescimento de 43% face ao mesmo período do ano passado.

Os lucros por ação situaram-se em 1,30 dólares, ultrapassando o estimado pelos analistas contactados pela Reuters, que apontavam para 1,11 dólares. As ações do banco fecharam com uma subida de 2,81%, para 50,56 dólares.

No ramo tecnológico, o dia fica marcado pelo facto de a Comissão Europeia ter multado a Google em 4,3 mil milhões de euros, dizendo que a empresa norte-americana reforçou de forma ilegal o seu domínio de buscas através da estratégia para o segmento de dispositivos móveis.

“Estas práticas negaram aos consumidores europeus de benefícios da concorrência efetiva na importante esfera dos telemóveis”, afirmou Margrethe Vestager, comissária europeia para a Concorrência, em conferência de imprensa. No término das negociações de hoje, os títulos da Alphabet, ‘dona’ da Google, não desanimaram muito e caíram 0,24%, para 1.195,88 dólares.

Ontem, o presidente da Fed mostrou-se confiante que a robustez da economia, mercado de trabalho e inflação nos EUA irão conduzir à continuação de subidas graduais das taxas de juro. No discurso inicial na audição semi-anual no Congresso, Jerome Powell afirmou que os riscos para o país estão “equilibrados”, sublinhando, no entanto, que os efeitos da guerra comercial são imprevisíveis.

Ler mais

Relacionadas

Wall Street abre na ‘linha de água’ apesar de otimismo de Powell e resultados da banca

A banca está a dar ganhos às ações norte-americanas. Mas, pela negativa, o destaque vai para as tecnológicas, depois de a Comissão Europeia ter anunciado uma multa recorde de 4,3 mil milhões de euros à Google.

Morgan Stanley encerra temporada dos lucros da banca nos EUA com chave de ouro

A área do trading (negociação) de títulos, e de bana de investimento foram as que mais puxaram pelos lucros do Morgan Stanley.
Recomendadas

PSI 20 acompanha Europa em alta. Títulos do Grupo EDP impulsionam praça nacional

O principal índice bolsista português soma 0,46%, para 4.855,54 pontos.

Abrandamento da economia poderá ser entrave para Moody’s igualar as pares na avaliação de Portugal

A Moody’s tem agendada uma avaliação à notação da dívida soberana portuguesa esta sexta-feira. A agência poderá querer alinhar-se com a S&P e a Fitch através de uma subida de um grau para ‘Baa2’, mas as incertezas que estão a esfriar o crescimento da economia global poderão ser motivo para manter o ‘status quo’.

Acalmia cambial trouxe bons resultados em Wall Street

O índice tecnológico S&P, .SPL.RCT, que inclui empresas que têm uma maior exposição ao mercado chinês e estiveram no centro das vendas registadas na segunda-feira, foi aquele que mais valorizou nesta sessão, com um crescimento de 1,61%.
Comentários