Wall Street fecha misto em dia positivo na banca e de quedas no petróleo

O índice industrial Dow Jones somou 0,18%, para 25.064,36 pontos, e contrariando este otimismo, o financeiro S&P 500 perdeu 0,13%, para 2.797,73 pontos.

Reuters

A bolsa de Nova Iorque encerrou a sessão desta segunda-feira, dia 16 de julho, mista. Após ter arrancado a primeira sessão da semana ‘flat’, com o setor energético a registar perdas devido a uma queda nos preços do petróleo – compensadas pelos ganhos registados no setor financeiro –, os mercados financeiros norte-americanos acabaram por ‘adormecer’ sem tendência definida.

Entre os principais índices bolsistas norte-americanos, o industrial Dow Jones somou os ligeiros 0,18%, para 25.064,36 pontos, e contrariando estes números a ‘verde’, o financeiro S&P 500 perdeu 0,13%, para 2.797,73 pontos. O tecnológico Nasdaq desvalorizou 0,26%, para 2.797,73 pontos, enquanto o Russell 2000 acompanhou este pessimismo e deslizou 0,48%, para 1.679,04 pontos.

O segmento da tecnologia também ficou marcado por diversas notas ao longo do dia. A agência noticiosa “Bloomberg” noticiou hoje que a Apple não está a conseguir ter os resultados que queria no que toca à venda de iPhones na índia. Só terão sido vendidos 1 milhão de unidades no primeiro semestre, numa altura em que a Apple já começa a produzir no país. A gigante da ‘maçã’ caiu 0,92%, para 190,91 dólares.

Já a Amazon, que assinala o quarto evento de descontos designado de “Prime Day” e do qual se espera vendas recorde, avançou 0,52%, para 1.822,49 dólares.

Na banca, destaque para a subida de 4,27%, para 29,77 dólares, do Bank of America. A entidade bancária norte-americana divulgou os seus resultados mais recentes: lucros de 6,8 mil milhões de dólares, mais 33% em termos homólogos, o que impressionou os investidores. Recorde-se que também o alemão Deutsche Bank disparou hoje 7%.

A marcar as negociações esteve ainda o facto de o preço do barril de petróleo Brent, para entrega em setembro, ter encerrado o mercado de futuros de Londres com uma descida de 4,63%, para os 71,84 dólares. Trata-se de um valor mínimo de três meses.

Arábia Saudita leva valor do petróleo a mínimos de três meses

Ler mais

Relacionadas

Tom misto marca início de semana em Wall Street

Principais índices norte-americanos abriram a sessão com sinais pouco definidos.
Recomendadas

PSI 20 acompanha Europa em alta. Títulos do Grupo EDP impulsionam praça nacional

O principal índice bolsista português soma 0,46%, para 4.855,54 pontos.

Abrandamento da economia poderá ser entrave para Moody’s igualar as pares na avaliação de Portugal

A Moody’s tem agendada uma avaliação à notação da dívida soberana portuguesa esta sexta-feira. A agência poderá querer alinhar-se com a S&P e a Fitch através de uma subida de um grau para ‘Baa2’, mas as incertezas que estão a esfriar o crescimento da economia global poderão ser motivo para manter o ‘status quo’.

Acalmia cambial trouxe bons resultados em Wall Street

O índice tecnológico S&P, .SPL.RCT, que inclui empresas que têm uma maior exposição ao mercado chinês e estiveram no centro das vendas registadas na segunda-feira, foi aquele que mais valorizou nesta sessão, com um crescimento de 1,61%.
Comentários